Osvaldo Cruz, Segunda, 22 de Julho de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 14/06/2012 às 15h42:

Empreiteira inicia construção de 210 casas até o fim do mês

A ordem de serviço para início da construção das moradias foi assinado na segunda-feira, 11

Daniel Torres (MTb.: 51.540/SP) - Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
37f96144078aa2f61726752d96e23291.jpg

O prefeito Valter Luiz Martins assinou na manhã de segunda-feira, 11, juntamente com o representante da Constrinvest Construtora e Comércio, de Presidente Prudente, vencedora da licitação, a ordem de serviço para início das obras de construção das 210 casas populares do Conjunto Habitacional Osvaldo Cruz “I”. O novo bairro será erguido ao lado do conjunto Agostinho Caliman, na região nordeste da cidade.

A empresa prudentina, representada pelo diretor Antonio Luiz Correia, deve iniciar os trabalhos ainda neste mês após uma reunião agendada para esta semana com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

O governo paulista repassará, por meio da CDHU, aproximadamente R$ 14,5 milhões para as obras. “São 210 novas moradias com toda infraestrutura implantada como asfalto, guia, sarjeta, água e esgoto coletado e tratado, se houver necessidade de muros de arrimo já se inclui também. Essas casas terão piso, azulejo até ao teto na cozinha e banheiro, dois quartos e aquecedor solar”, ressaltou Valtinho.

Outra informação importante é que as famílias que atualmente vivem em áreas de risco têm garantida uma unidade entre as novas moradias e não são incluídas no sorteio. “As demais [famílias], fazem as inscrições, entram no sorteio e preenchem vagas inclusive de suplentes”, destaca o prefeito.

A previsão de abertura das inscrições é para o final deste ano e as casas devem ser entregues em aproximadamente 12 meses.

DICOC 2 e Promoção Social

Em viagem à capital paulista na semana passada, o prefeito Valter Martins assinou dois convênios na Secretaria de Planejamento, na presença do governador Geraldo Alckmin e dos responsáveis pelas emendas, o então deputado federal Edson Aparecido (PSDB) e o então deputado estadual Bruno Covas (PSDB).

Um dos convênios trata da implantação da infraestrutura do Distrito Industrial 2 “Antônio Peixoto” (DICOC 2), no trevo principal de entrada da cidade, a empresários que devem instalar suas empresas no local. Dos 29 lotes, 18 já têm dono.

“O Edson [Aparecido] nos concedeu R$ 200 mil para infraestrutura, ou seja, nós vamos implantar asfalto e guia no Centro Comercial ‘Antônio Peixoto’,”, observou o prefeito ao lembrar que o local também receberá ligações de água, esgoto e iluminação em breve.

“Eu vou pedir ao departamento de Engenharia [da Prefeitura] que dê prioridade para a aprovação dos projetos que eles [empresários] vão apresentar para que a gente possa começar as construções e aí sim sentar com a Sabesp e ver o investimento necessário a se fazer. O projeto da rede de água e esgoto já está pronto”, ressaltou o prefeito.

O outro convênio, no valor de R$ 150 mil, prevê a reforma e ampliação do antigo Almoxarifado Municipal, onde funcionam o projeto Ação Jovem, o Conselho Tutelar, entre outros.

A ideia é transferir a sede da Secretaria de Promoção Social para o prédio, que também abrigará os projetos sociais e outras entidades socioassistenciais.

“Além de deixar o lugar mais bonito, [a reforma] vai também proporcionar um espaço físico adequado para receber as pessoas que precisam de atendimento”, completou Valtinho.

Crédito da foto: Daniel Torres

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados