Osvaldo Cruz, Sábado, 19 de Janeiro de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 11/01/2011 às 17h00:

Meio Ambiente cria divisão de fiscais da limpeza

Fiscais são responsáveis por verificar limpeza de ruas e terrenos e manutenção da sinalização na cidade

Daniel Torres (MTb.: 51.540/SP) - Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
e31a042018170254bd1ab96ce44d5d32.jpg

A secretaria municipal de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a secretaria municipal de Serviços e Operações Urbanas, criou no início deste ano uma divisão de fiscalização de limpeza e manutenção da cidade.
 
O objetivo, segundo o secretário da pasta, José Monteiro Nabas, é manter a zona urbana limpa e organizada e, assim, colaborar com o combate a doenças epidêmicas, como a dengue e a leishmaniose e com a manutenção dos sinais de trânsito da cidade com a poda de árvores que encobrirem as placas.
 
“Essa medida vem complementar o sistema de limpeza, manutenção e conservação de nossas vias públicas, logradouros, enfim, de todo o contexto de nossa cidade. Dividimos a zona urbana em quatro setores e foram capacitados quatro funcionários, um por área, que orientam moradores e direcionam as ações da Prefeitura”, explica.
 
Os fiscais começaram a trabalhar na segunda-feira, 3 de janeiro.
 
Prevenção
 

“É preciso que as pessoas entendam que são medidas de prevenção, visando a segurança, a saúde e o bem-estar da própria população. Pedimos aos moradores que colaborem conosco neste sentido”, acrescenta o secretário.

Ouça a entrevista do secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Monteiro Nabas:

 
Os fiscais, devidamente identificados com crachás, percorrem a cidade munidos de prancheta e abordam moradores de locais onde há irregularidades para orientação a fim de que sejam tomadas as devidas providências para a regularização da situação.
 
Nos casos de responsabilidade da Prefeitura, a administração municipal será cientificada dos problemas a serem solucionados.
 
Os principais problemas identificados pela cidade são entulhos em vias públicas, bueiros sem proteção, terrenos baldios sem muros ou calçadas, cruzamentos sem sinalização de trânsito ou com a mesma encoberta por galhos de árvores, entre outros.
 
As ações dos fiscais são baseadas no Código de Postura do Município, que prevê penalização para casos mais graves.
 

“A Prefeitura vai tomar as devidas providências de solução desses pequenos problemas que, no todo, vai representar muito em termos de administração municipal”, completa Nabas.

Crédito da foto: Rafael Imperatriz

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados