Osvaldo Cruz, Segunda, 22 de Julho de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 01/09/2011 às 13h29:

Prefeitura vai bancar leite até Estado resolver impasse

Como em anos anteriores, governo estadual atrasa licitação do Vivaleite

Giuliano Panvéchio (MTb.: 46.291/SP) - Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
43a2e9fc22f380e49a276c33e08acce1.jpg

Como em anos anteriores, o governo do Estado de São Paulo atrasou o processo de licitação para a compra do produto para o programa Vivaleite, que prevê a distribuição gratuita de leite para crianças e idosos.
 
O prefeito Valter Luiz Martins confirmou a interrupção no fornecimento do leite na cidade na tarde desta segunda-feira, 29, e tomou a decisão que o município vai comprar o produto até que o Estado volte com o fornecimento.
 
"Já nesta quarta-feira, 31, quem vai fornecer o leite é a Prefeitura. Serão entregues 1.480 litros em dois dias, quarta e sexta. A entrega é feita três vezes por semanas, o que significa R$ 2.502 cada dia que a prefeitura comprar o leite no lugar do Estado", explicou o prefeito Valter Martins, ao confirmar que os locais e horários de entrega estão mantidos e que se for necessário a prefeitura continuará com a compra até o Estado retomar o fornecimento.
 
Entenda o Vivaleite
 
O Vivaleite é um projeto social de distribuição gratuita de leite pasteurizado, com teor de gordura mínimo e alto valor nutricional.
 
O objetivo é oferecer um complexo alimentar para famílias de baixa renda, com crianças e idosos em situação de risco nutricional, melhorando suas condições de vida e promovendo, de forma paralela à intervenção social direta, ações que visam o desenvolvimento comunitário, o resgate da cidadania e a inclusão social de seu público-alvo.
 
De forma simultânea, tem por objetivo agregar recursos financeiros ao setor leiteiro, ajudando no escoamento de 7,75% da produção Paulista de leite tipo C, o que permite a criação e manutenção de empregos no campo, causando impacto no fluxo migratório bem como nos efeitos negativos dele decorrentes.
 

São 15 litros de leite por mês para cada pessoa e podem se beneficiar famílias com renda total de até dois salários mínimos, que tenham crianças de seis meses a seis anos e 11 meses de idade ou idosos com mais de 60 anos, em risco nutricional.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados