Osvaldo Cruz, Terça, 22 de Janeiro de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 01/09/2010 às 17h14:

Alunos da Max Wirth recebem apostilas do Ler e Escrever

Além do material didático, alunos receberam mochilas, estojos, meias e tênis

Daniel Torres (MTb.: 51.540/SP) e Giuliano Panvéchio (MTb.: 46.291/SP) - Assessoria de Imprensa - Colaborou: Secretaria Municipal de Educação

Tamanho da letra A- A+

 
437c0910d8aed26ae39877db774db8e9.jpg

Mais de 250 alunos da Escola Municipal “Max Wirth” receberam nesta segunda-feira, 30 de agosto, livros e apostilas do projeto Ler e Escrever, da secretaria de Estado da Educação. Ao todo, 2.395 exemplares de livros do programa foram destinados aos estudantes, além de todo o material para os professores e equipe gestora.
 
Com o sucesso obtido na rede estadual, o governo paulista decidiu estender o projeto aos municípios que tivessem interesse, mediante convênio com custo zero para o município, isto é, todo o material tanto dos professores como dos alunos é fornecido pelo Estado. Osvaldo Cruz foi um dos primeiros municípios a celebrar o convênio.
 
“É uma parceria muito feliz porque este é um material de alta qualidade e que demonstrou que o aluno, em pouco tempo, consegue sair completamente alfabetizado. Mesmo alunos que tinham histórico de insucessos, aprenderam rapidamente com o uso dele”, ressalta a dirigente regional de Ensino de Adamantina, Vera Lúcia Godoy Cazu.
 
O projeto
 
Mais do que um programa de formação, o Ler e Escrever é um conjunto de linhas de ação articuladas que inclui formação, acompanhamento, elaboração e distribuição de materiais pedagógicos e outros subsídios, constituindo-se dessa forma como uma política pública para o Ciclo I, que busca promover a melhoria do ensino em toda a rede.
 
Sua meta é ver plenamente alfabetizadas, todas as crianças matriculadas na rede municipal de ensino, bem como garantir recuperação da aprendizagem de leitura e escrita aos alunos das demais séries/anos do Ciclo I do Ensino Fundamental.
 
Mochilas e materiais
 
Com referência ao Projeto “Pronto para a Escola” (uniformização), foram entregues na mesma solenidade 255 mochilas, 255 estojos, 510 pares de meia, e 255 pares de tênis, para os alunos da Escola Municipal “Max Wirth” e também uniformes de professores e funcionários da escola.
 
Para as famílias, o projeto serve de incentivo para os alunos. “Eu achei esse programa excelente, até porque sou nova na cidade. Vim de Bauru e achei que a prefeitura daqui incentiva muito as crianças”, elogia Maria José Santana Gomes, que tem três filhos inseridos na rede municipal de Educação.
 
Além de atender as crianças, o projeto alivia os gastos dos pais, que não precisam se preocupar com a compra dos materiais. “Isso é uma boa coisa, porque tem muitos pais que não podem comprar”, avalia Cleiton Pereira Vaz, morador da zona rural e pai de dois alunos da escola Max Wirth.
 

“Já pedi para licitar este ano os novos uniformes que serão entregues no início das aulas do ano que vem, para que quando as crianças retornarem das férias, possam receber tudo”, adianta o prefeito Valter Luiz Martins.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados