Osvaldo Cruz, Quarta, 16 de Janeiro de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 31/05/2012 às 16h31:

Prefeitura divulga números sobre geração de empregos

Saldo em 2012 chega a 202 postos de trabalho nos primeiros cinco meses

Giuliano Panvéchio (MTb.: 46.291/SP) - Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
8bd325f0f4343a5d3c36ec515270780b.jpg

O saldo em 2012 na geração de empregos com carteira assinada em Osvaldo Cruz chega a quase 11% na comparação entre admissões e demissões, de acordo com o Caged, órgão do Ministério do Trabalho que mede os números de empregos formais no Brasil.

Durante seminário para microempreendedores, que a Prefeitura de Osvaldo Cruz, o Sebrae de Presidente Prudente e a Associação Comercial e Empresarial realizaram na última semana, o prefeito Valter Luiz Martins mostrou que em 2011 houve 4.084 empregos gerados com carteira assinada e 3.769 demissões, representando um saldo de 315 empregos.

“Em 2012 entre os meses de janeiro e abril foram 1.169 empregos com carteira assinada e 967 demissões, um sado de 202 postos de trabalho (ou saldo de 10,85%). São números extremamente representativos que justificam o porquê Osvaldo Cruz é a Terra de Oportunidades”, disse o prefeito Valtinho.

Prefeito relembrou qualidade de vida

O prefeito Valter Martins relembrou que no final do ano, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, Firjan, realizou um levantamento nacional e apontou Osvaldo Cruz como a terceira melhor cidade para se viver na Nova Alta Paulista, ficando atrás apenas de Lucélia e Junqueirópolis, respectivamente.

A cidade ocupou a posição de número 156 entre os 645 municípios do estado e a colocação 271 no ranking nacional, entre os 5.564 municípios brasileiros.

A Firjan fez um levantamento de dados e comparou informações sobre educação, saúde, renda e emprego (geração e salários médios de empregos formais) de todos os municípios do país e com os dados levantados criou o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), criando o ranking com as melhores cidades do Brasil para se morar.

Foram coletados dados oficiais dos Ministérios da Educação, da Saúde e do Trabalho de todos os municípios brasileiros.

Segundo o IFDM, calculado com base em dados coletados em 2009 e divulgado ano passado, as dez melhores cidades para se viver na região são, da 10ª para a 1ª: Flórida Paulista, Rinópolis, Queiroz, Dracena, Adamantina, Parapuã, São João do Pau d’Alho, Santa Mercedes, Osvaldo Cruz, Lucélia e Junqueirópolis.

Segundo o resumo da Firjan, Osvaldo Cruz registrou em 2009, índice de 0,5537 no item ‘Emprego e Renda’, 0,9049 no quesito ‘Educação’ e índice 0,9239 no item ‘Saúde’.

Crédito da foto: Daniel Torres

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados