Osvaldo Cruz, Segunda, 17 de Junho de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 22/10/2010 às 11h57:

CDHU libera verbas para infraestrutura do Osvaldo Cruz H

São R$ 447 mil para obras de pavimentação e muros de arrimo no conjunto habitacional

Daniel Torres (MTb.: 51.540/SP) - Asessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
74ef0be6af08dd157d0a8ca74c478498.jpg

O Conjunto Habitacional “José Valter Seviero” (Osvaldo Cruz “H”) está próximo de sua conclusão. Em viagem a São Paulo na semana passada, o prefeito Valter Luiz Martins assinou aditivo do convênio com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) para liberação de verbas para obras de infraestrutura (guias de sarjeta e galeria de águas pluviais), pavimentação e muros de arrimo.
 
Para pavimentação, o órgão liberou R$ 186 mil e mais R$ 261 mil para muros de arrimo.
 
“É bem verdade que não havia dinheiro para fazermos a pavimentação nem os muros de arrimo, mas em junho, durante a visita do superintendente [de obras do interior da CDHU], Humberto Emmanuel Schmidt Oliveira, nós solicitamos e ele deu o ‘ok’ e somente agora, após as eleições, é que pudemos assinar esse aditivo e já está liberado para fazermos as licitações tanto da pavimentação como dos muros de arrimo”, comentou o prefeito.
 
Segundo Valtinho, a determinação da CDHU é que as casas sejam entregues às famílias contempladas somente após a conclusão de todas as obras de infraestrutura do conjunto, ou seja, quando tudo estiver pronto (pavimentação, guias, galerias e muros de arrimo).
 
“Estou pedindo agilidade ao pessoal da Prefeitura para licitar o mais rápido possível essas duas obras de investimento de infraestrutura e, naturalmente, aguardado a permissão do tempo para que possamos finalizar as guias e as galerias”, finalizou.
 
Atraso
 
O conjunto está com obras atrasadas há dois anos e meio depois que o Ministério Público interveio em função da empreiteira e a administração anterior da cidade terem sido apontadas como responsáveis pelo emprego de itens abaixo dos padrões de qualidade determinados pela licitação da obra. A paralisação se deu em 2007 e a obra só foi retomada no ano passado.
 
"É lamentável o atraso e sabemos das dificuldades das famílias, que pagam aluguel e muitas moram de favor na casa de parentes", disse o prefeito Valtinho.
 
Compensação
 
Como compensação às famílias contempladas com residências no Conjunto Habitacional “José Valter Seviero” (Osvaldo Cruz “H”) devido ao atraso das obras, a CDHU apresentou que outros itens foram acrescentados ao projeto original, como aquecedores solares, azulejos em banheiro e sanitários e infraestrutura completa de água, galerias, esgoto, energia elétrica, asfalto e, quando necessário, muros de arrimo.
 
“Já foi aditado neste convênio o complemento do piso em todas as unidades, azulejo até ao teto no banheiro e cozinha, aquecedor solar, forro de PVC, além do recurso total da infraestrutura no conjunto habitacional”, afirmou Humberto Emmanuel Schmidt Oliveira, superintendente de obras do interior da CHDU.
 
Cadastro social
 
A CDHU concluiu esta semana o cadastro social das famílias contempladas com casas no Conjunto Habitacional “José Valter Seviero” (Osvaldo Cruz “H”).
 
Para algumas famílias faltava ainda a apresentação de parte da documentação exigida pelo programa (RG, CPF, comprovantes de renda e endereço atuais) para conclusão da regularização burocrática das residências.
 

“O cadastro social é para que tenhamos uma visão das demandas do novo bairro para as escolas, pois temos de encaminhar para a secretaria de Educação o número de crianças em idade escolar que passarão a morar ali, precisamos enviar ao departamento de Saúde do município o número de famílias que precisarão de atendimento nos PSFs próximos e a documentação de praxe a ser enviada para a CDHU em Presidente Prudente”, explica Rose Nogueira, responsável pelo departamento de Habitação da Prefeitura de Osvaldo Cruz.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados