Osvaldo Cruz, Quarta, 16 de Janeiro de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 04/05/2011 às 12h09:

OC deve receber 315 casas populares

Cidade foi incluída em lote anunciado pelo governo de São Paulo

Giuliano Panvéchio (MTb.: 46.291/SP) - Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
0a4a85857a02e002ddf4a89cbf1cfabb.JPG

Osvaldo Cruz foi incluída no lote de cidades da região que deverão receber novas casas populares do governo de São Paulo. O anúncio de novas unidades para 13 municípios ocorreu nesta sexta-feira (29) através da secretaria de estado da Habitação.
 
Osvaldo Cruz deverá ser contemplada com mais 315 casas populares. As moradias devem ser construídas em área próxima ao atual conjunto Agostinho Caliman, na região leste da cidade na parceria do município com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).
 
Ao todo, o secretário de Habitação, Sílvio Torres, autorizou a construção de 1.497 casas, incluindo unidades para desfavelamentos e áreas de risco para 13 municípios da região.
 
O secretário também autorizou a liberação de recursos financeiros de reforço nos convênios para conjuntos habitacionais em construção nas cidades de Rinópolis, Nova Guataporanga, Santa Mercedes, Flora Rica, Irapuru e Parapuã.
 
O governo estadual liberou as casas populares para Adamantina (80 unidades para áreas de risco e 60 unidades para conclusão do conjunto em construção); Flora Rica (30 casas); Flórida Paulista (100 unidades); Herculândia (120 casas); Inúbia Paulista (108) e Junqueirópolis (200 casas).
 

Ainda serão contempladas Osvaldo Cruz, 200 casas e mais 115 unidades para áreas de risco; Pacaembu, 150 casas; Panorama, 34 casas para desfavelamento; Parapuã, 130 casas; Rinópolis, 30 unidades para desfavelamento; Santa Mercedes, 80 casas; Salmourão, 60 casas.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados