Osvaldo Cruz, Quarta, 12 de Dezembro de 2018

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 28/07/2015 às 14h33:

Deputado Cauê Macris, líder do governo na Assembleia, visita OC

Líder do Governo fala em fase difícil, mas aposta em São Paulo como fôlego para retomada do crescimento

Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
73b7a9ff389adff8a46224070ba63f0b.jpg

O líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa, deputado estadual Cauê Macris, visitou Osvaldo Cruz nesta segunda-feira, 28, e confirmou que é hora do poder público reduzir custos diante da grave crise econômica do país.

Macris confirmou que a “lição de casa” começou na esfera Estadual com a redução de 10% nos gastos da máquina pública do Governo do Estado, além do corte de 15% dos cargos comissionados.

Apesar do cenário negativo, o deputado acredita que o Estado pode ser o fôlego que o país precisa para retomar o crescimento econômico.

“A nossa esperança é que a locomotiva do país, que é o estado de São Paulo, possa dar o fôlego necessário para conseguirmos uma retomada no crescimento”, disse Macris.

Ajuste, sem impostos

Para o deputado, o momento crítico na economia pede alguns ajustes. Ele, no entanto, diz que não há a necessidade de aumentar impostos para que isso aconteça.

“Quando você aumenta impostos, a população é quem paga a conta. O difícil, mesmo, é cortar [os gastos] na carne [se referindo a cargos comissionados e outros gatos]”, destacou.

Mazucato destaca atuação

O prefeito Edmar Mazucato (PSDB) destacou durante a vista do deputado Cauê Macris os recursos enviados, só no primeiro mandato, pelo parlamentar.

Ao todo, Macris destinou mais R$ 1 milhão para Osvaldo Cruz.

“Esses recursos foram injetados no município através de pedidos nosso e ele [Macris] tem esse compromisso”, enfatizou Mazucato.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados