Osvaldo Cruz, Segunda, 22 de Julho de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 31/05/2010 às 16h01:

Casos de dengue sobem para 737 em Osvaldo Cruz

Números foram atualizados nesta segunda-feira, 31, com a confirmação de 113 novos casos

Daniel Torres (MTb.: 51.540/SP) e Giuliano Panvéchio (MTb.: 46.291/SP) - Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
b095f413e8f50b84bdbbb176ce07e01a.jpg

O departamento de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Osvaldo Cruz confirmou mais 113 casos de dengue nas últimas semanas na cidade, elevando para 737 o número de constatações positivas da doença na cidade.
 
Desde o início do ano, foram 1.056 notificações, das quais, 737 foram confirmadas. Entretanto, dentre as confirmações, 105 não passaram por exames, mas foram considerados positivos por diagnóstico indireto em função de os pacientes terem apresentado outros sintomas. Então as autoridades de saúde contabilizam como dengue, mas podem ser portadores de outras enfermidades como viroses, por exemplo, que tem sintomas semelhantes.
 
A diferença entre uma classe e outra aguarda resultados. Somente dois dos casos confirmados teriam sido contraídos fora de Osvaldo Cruz (importados) outros 735 pacientes contraíram dengue na própria cidade (autóctones).
 
Sintomas
 
Os principais sintomas da doença são: febre alta (39°C a 40°C), dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjoos, vômitos, manchas vermelhas na pele, dor abdominal (principalmente em crianças).
 
Caso apresente esses sintomas, recomenda-se não tomar nenhuma medicação por conta própria e procurar atendimento médico em um posto de saúde próximo.
 
H1N1 e Leishmaniose
 
De acordo com informações repassadas pelo departamento de Vigilância Epidemiológica, em 2010 foram registrados 23 casos de Leishmaniose Visceral Americana (LVA), mas no mês de maio nenhum novo caso da doença foi registrado.
 
E neste ano não foi diagnosticado nenhum caso de Influenza A (H1N1), conhecida como “gripe suína” na cidade. Mesmo assim, a secretaria de Saúde reforça as recomendações da prevenção da doença.
 
Em 2009, quatro pessoas contraíram a nova gripe em Osvaldo Cruz, sendo a maioria jovens na faixa de 18 a 21 anos.
 

As principais recomendações para se evitar a gripe A são cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável ao tossir ou espirrar e lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados