Osvaldo Cruz, Domingo, 16 de Junho de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 21/06/2010 às 19h17:

ONG OSEP assume administração da Santa Casa

Organização Não-Governamental paulistana firmou contrato e já trabalha no hospital

Giuliano Panvéchio (MTb.: 46.291/SP) - Assessoria de Imprensa (Colaborou: Jornal Cidade Aberta)

Tamanho da letra A- A+

 
34ba1e94c843957e73df721d56d23851.jpg

A Organização Social e Educacional Paulistana (OSEP) assumiu oficialmente a gestão da Santa Casa de Misericórdia de Osvaldo Cruz na tarde desta quinta-feira, 17.
 
O contrato para que a Organização Não-Governamental (ONG) de São Paulo passasse a administrar o único hospital público da cidade foi assinado no dia anterior com a Irmandade da Santa Casa e as prefeituras de Osvaldo Cruz, Sagres, Salmourão e a sob supervisão da Promotoria de Justiça da comarca.
 
No dia 17, a Santa Casa apresentou a equipe da OSEP. A enfermeira e presidente da ONG, Roseni de Souza, destacou que o trabalho será em conjunto com a mesa administrativa da Santa Casa. “Vamos gerenciar em conjunto com o Ciro (Durighetto, provedor da Santa Casa) e diagnosticar o que é que precisa modificado no hospital e o Ciro é quem vai dar o ou não o aval para continuidade do nosso trabalho”, explica a enfermeira, ao ressaltar no entanto que a Osep tem autonomia para tomar providências. “Nós poderemos modificar aquilo que não vem de encontro a nossa proposta”, disse.
 
Dívidas antigas e prazos
 
As dívidas antigas do hospital deverão ser negociadas. O valor total dos débitos da Santa Casa chegam a quase R$ 2 milhões. “O que nós acordamos: dívidas passadas brecam-se e vamos renegociar. Podemos pagar com 30, 60 ou 90 dias e ter um poder de compra com o dinheiro na mão”, explicou o secretário municipal de Saúde, Nenê Mazzoni.
 
A organização terá o prazo de três meses, a contar do dia 17 para detectar os problemas principais. Após este prazo já existe uma audiência pública marcada para apresentação do planejamento da ONG. “Nós vamos elaborar o planejamento estratégico”, finalizou o coordenador de projetos da OSEP, Querubim Expedito de Faria.
 

Os valores contratados pelos serviços da ONG não foram divulgados e nem quanto cada prefeitura vai pagar pelos trabalhos da OSEP.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados