Osvaldo Cruz, Sábado, 19 de Janeiro de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 18/01/2018 às 11h12:

Secretaria Municipal de Saúde alerta população para a prevenção contra febre amarela

Saiba se você deve tomar a vacina, os sintomas e como prevenir

Tamanho da letra A- A+

 
6d84027db4985902fb65f9b5211e5f82.jpg

Nesta quinta-feira, 18, a Secretaria Municipal de Saúde divulga à população formas de prevenção, sintomas e mais alguns esclarecimentos de dúvidas em relação à febre amarela.

O caso que vem se difundindo a cada dia está gerando grande preocupação e, principalmente, dúvidas entre as pessoas. Após casos confirmados, conforme a imprensa nacional, diversos pontos adotaram medidas de prevenção realizando campanhas de vacina contra a febre amarela. Acontece que muitas cidades, de interior, estão aguardando inicio da campanha, o que não deve acontecer segundo a enfermeira responsável da Vigilância Epidemiológica de Osvaldo Cruz, Camila Rodrigues.

“Os municípios do interior seguem a vacina através do calendário, sendo que, a prevenção contra a febre amarela acontece aos 9 meses de vida, em dose única. Nas grandes cidades, as campanhas estão ocorrendo pelo fato de estarem mais próximas de locais que transmite a doença”, explicou Camila.

E quem tomou a vacina aos 9 meses de idade, tem que tomar novamente?

A vacina aplicada até o momento (dose padrão) tem validade para a vida toda, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). A vacina fracionada, que tem eficácia comprovada de pelo menos oito anos, será distribuída a partir do mês que vem em alguns municípios determinados pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado.

O vírus em circulação é relacionado a febre amarela Silvestre. Sendo assim, a contaminação só acontece caso você seja picado pelo mosquito em uma região de mata, rural ou silvestre. A vacinação é importante e prioritária para quem vai viajar ou mora em regiões de mata, silvestre, rural ou ribeirinha. Não há circulação do vírus da febre amarela em regiões urbanas.

É importante que a população saiba que o vírus não é transmitido pelos macacos. Eles são somente aliados que nos possibilitam identificar as áreas de riscos. O transmissor da doença é o mosquito Aedes Aegypti.

Quais são os sintomas da doença?

A doença aparece acompanhada de febre, dor de cabeça e dores no corpo. Os sintomas são parecidos com gripe e com várias doenças infecciosas. Porém, se persistirem os sintomas, um médico deverá ser consultado.

Como se prevenir?

Como o transmissor da doença é o mosquito, a melhor forma é cuidando do ambiente e através aplicando repelente no corpo, nas partes de fácil acesso para os mosquitos, como pernas e braços, por exemplo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, pessoas que vão viajar ou não tenham registro da vacina contra febre amarela na carteira de vacinação, devem procurar qualquer Unidade de Saúde para conferência e atualização da carteira. Caso haja vacinações pendentes, procurar o Centro de Vacinação, que está localizado na rua João Caliman - 122, juntamente com o Centro de Pediatria, ao lado do Banco de Leite, no bairro Promorar.
  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados