Osvaldo Cruz, Terça, 23 de Julho de 2019

Sua Opinião?

Qual o maior desafio da nova administração?

publicado em: 04/06/2014 às 14h44:

Prefeitura, Rede Feminina e S.O.S. entregam Casa de Apoio de Jaú

Inauguração foi nesta terça-feira na Rede Feminina de Combate ao Câncer local

Assessoria de Imprensa

Tamanho da letra A- A+

 
ab6f5b419d4939566f007de43e1c10a9.JPG

A Prefeitura de Osvaldo Cruz, a Rede Feminina de Combate ao Câncer local e o Serviço de Obras Sociais inauguraram nesta terça-feira, 4, a Casa de Apoio ao Cidadão "Carlos Américo Durighetto", que já funciona em Jaú.

O local recebe diariamente pacientes que precisam de acolhimento durante estada naquela cidade onde são assistidos pelo Hospital Amaral Carvalho, especializado no tratamento de câncer.

Em média 50 pessoas por semana são transportados de Osvaldo Cruz para Jaú. "Antes essas pessoas ficavam pelas ruas próximas ao hospital ou tinham que pagar com recursos próprios as despesas para hospedagem. Agora isso mudou e é uma reivindicação antiga nossa", disse Aparecida Silene Davoli Nabas, presidente da Rede Feminina.

Já a presidente do Serviço de Obras Sociais (S.O.S.), Eliana Mazucato, afirmou que na Casa de Apoio, a exemplo do que já ocorre com estabelecimento semelhante em Marília, os pacientes recebem alimentação, tem acomodações para passar o tempo que for necessário para o tratamento ou até o retorno para Osvaldo Cruz.

"Muitos pacientes já passam pela prova da doença, muitos ficam debilitados pelo próprio câncer ou pelo tratamento e precisavam de um local como esse para serem recebidos", frisou Eliana.

Já o prefeito Edmar Mazucato enfatizou a importância da parceria com a Rede Feminina e o S.O.S., além de divulgar que o foco agora será melhorar os veículos que transportam os pacientes até Jaú. "Já adquirimos uma van, mas nossa proposta é melhorar ainda mais esse transporte. Sabemos as dificuldades pela distância e pelo tipo de paciente que precisa ir a Jaú. Por isso, a experiência da Casa de Apoio de Marília, nos mostra que a de Jaú também será uma prioridade", esclareceu Mazucato ao mencionar que a Casa de Marília completou cinco anos em 2014.

Sistemática

Para atendimento pela Casa de Apoio em Jaú os pacientes passam pela Rede Feminina de Combate ao Câncer ou são encaminhados pelo próprio sistema público de Saúde ao tratamento oncológico em Jaú.

Muitos também apenas passam pelo local, após consultas ou exames de rotina.

No local há acomodações em alojamentos masculino e feminino, também ocorre fornecimento de acomodações e pouso, quando necessário.

A Casa de Apoio "Carlos Américo Durighetto" recebeu esse nome em homenagem ao pioneiro que nasceu em Jaú, mas constituiu família e trabalhou em Osvaldo Cruz. O homenageado faleceu em 2006 após ter chegado na cidade no início dos anos 50.

  • Nenhum registro encontrado
Dê sua opinião!

 

 

 
Carregando
 
 
 
 
 

Prefeitura de Osvaldo Cruz

Praça Hermínio Elorza, nº448, CEP: 17700-000 - Telefone: (18) 3528-9500

Todos os direitos reservados